Ensaladas

6 07 2011

“Ensaladas” é um espectáculo cénico-musical inspirado em três ensaladas de Mateu Fletxa – La Justa, La Bomba e El Fuego — que conjuga o canto e as suas histórias com a riqueza visual do Teatro de Marionetas e cenas do “Auto da Barca do Inferno” de Gil Vicente.

Podem vê-lo no dia 16 de Julho, no auditório Senhora Boa Nova, em S. João do Estoril, pelas 21.30.

Vodpod videos no longer available.

Ensaladas, posted with vodpod
Anúncios




DIA MUNDIAL DO TEATRO

27 03 2010

Desde 1962, a Mensagem do Dia Mundial do Teatro é redigida por uma personalidade diferente que se tenha distinguido na área do teatro (actores, encenadores, dramaturgos) e lida em todos os teatros do mundo, no início ou no fim do espectáculo desse dia. A mensagem para 2010 é da autoria de Dame Judi Dench que nos diz o seguinte:
“O Dia Mundial do Teatro proporciona-nos ocasião para celebrar o Teatro na sua multiplicidade de formas. O teatro é uma fonte de entretenimento e de inspiração, possuindo a total capacidade de unir as numerosas populações e culturas que existem Mundo fora. Mas ele também é bem mais do que isso, ao oferecer-nos possibilidades de educação e de informação.

O teatro representa-se em todos os lugares do Mundo e não apenas nos seus lugares tradicionais: os espectáculos podem acontecer numa pequena aldeia de África, no sopé de uma montanha na Arménia, numa qualquer ilhota do Pacífico.   Ele não necessita de um espaço e de um público próprios. O teatro possui esse dom de nos fazer rir, de nos fazer chorar, mas sobretudo também de nos fazer reflectir e reagir.
O teatro é fruto de um trabalho de equipa. São os actores que nós vemos, mas há um número espantoso de pessoas ocultas, todas elas tão importantes como os actores e de quem dependem as diversas e específicas competências para que o espectáculo aconteça. A eles pertence-lhes uma parte do triunfo ou sucesso obtido.


27 de Março é a data oficial do Dia Mundial do Teatro. Mas cada dia deveria poder ser considerado, de modos diferentes, como um dia de teatro, porque nós transportamos a responsabilidade de perpetuar esta tradição de entretenimento, de educação e de edificação de públicos, sem os quais não poderíamos existir“.





TEATRO NA QUINTA DA REGALEIRA

7 08 2009

tempestade

tapafurosA Quinta da Regaleira em Sintra é uma vez mais palco para os espectáculos do grupo Tapafuros. Até 13 de Setembro, transforma-se numa ilha perdida no Atlântico para contar a história de «A Tempestade», uma adaptação do clássico de William Shakespeare.

A Tempestade é considerada a última peça de William Shakespeare, datada de 1613, três anos antes da morte do dramaturgo. Conta a história do Rei de Nápoles que manda o seu irmão, Sebastião e o seu vassalo Gonçalo, organizarem um golpe de estado contra Próspero, Duque de Milão, e oferece o Ducado ao seu irmão António. Próspero e a sua filha, Miranda, são poupados à morte por Gonçalo, que os abandona no mar com um bote e um mapa dos mares. Chegados a uma ilha que se tornará a sua casa, Próspero conhece Ariel, um espírito, a quem pede que produza uma tempestade para se vingar dos seus inimigos, que, vindos do casamento da filha do Rei de Nápoles com o Rei de Tunes, passam ao largo da ilha. Todos naufragam e Fernando, o herdeiro do trono de Nápoles, apaixona-se por Miranda. Próspero castiga-o, mas ao reconhecer o amor dos dois jovens, desiste da vingança, recuperando o Ducado.

As sessões têm lugar de quinta a sábado às 22h00 e aos domingos às 21h00. Com duração de cerca de 120 minutos, o espectáculo é dirigido a maiores de 12 anos. Como é um espectáculo volante é aconselhado o uso de agasalhos (são os ares da serra…) e calçado confortável.

Fonte: http://www.tapafuros.com/tapafuros.html





1º Festival de Marionetas de Sintra

10 12 2008

E o Teatro aqui tão perto…

 

A Câmara Municipal de Sintra e o Chão de Oliva – Centro de Difusão Cultural em Sintra organizam o 1º Festival de Marionetas de Sintra de 8 de Novembro a 21 de Dezembro. Este certame procura reunir o que de melhor se faz nesta área artística, quer a nível nacional, quer internacional e o FIMS decorre  da experiência no campo do teatro de marionetas do grupo residente “Fio D´Azeite- Grupo de Marionetas”.

Este certame pretende marcar um espaço no calendário dos festivais de marionetas em Portugal e, a médio prazo, caminhar no sentido de estruturar solidamente o “Festival Internacional de Marionetas de Sintra”, tanto no panorama nacional, como a nível europeu.

 

Inserido neste festival, o grupo Chão d’Oliva apresenta a “Sopa da Pedra” que nos traz a “estória contada por dois frades, que a pretexto do conto tradicional, relatam passagens, divertidas, da vida do seu mentor – Francisco de Assis. Actores e marionetas mostram como dar uma lição a uma aldeia inteira que não quis ajudar o frade a confortar o seu “pequenino”estômago. “

Auditório Municipal António Silva
Shopping Cacém – Rua Coração de Maria, nº1 – 2735-285 Cacém 
Tel. 21 914 54 46
Informações e Reservas: Telf.: 21 923 37 19/ 919 263 256
Horário:Seg a Sex, 10h00-18h00  






Ponto de encontro com a BE/CRE

9 12 2008

comedHoje, o 5º D foi ao teatro a Lisboa. Assistiu à peça “Uma aventura no fundo do mar” , protagonizado pela Companhia Comediantes de Lisboa. Este espectáculo é um musical infantil que alerta para a preservação dos Oceanos. É um espectáculo ecológico pois os lindos cenários que podem ver na fotografia são feitos com lixo reciclado, criando uma réplica lindíssima do fundo do mar.

O alunos gostaram muito do espectáculo e, no fim, tiraram fotos com os artistas e pediram autógrafos aos actores.

A Inês Oliveira deu-nos a sua opinião:

Quando fui ver o teatro”Uma aventura no fundo do mar” pensei logo que tinha a ver com as criaturas do fundo do mar. Depois de ver a peça de teatro, acho que ela transmite uma mensagem muito importante: Devemos proteger o mar e não o poluir porque tem vida tal como a terra e o ar. Para dar força à mensagem, todos os cenários são feitos com materiais reciclados. Assim, percebemos a importância da reutilização para preservar o planeta Terra.”

O rei Neptuno fez-lhes uma dedicatória, bem como a sua filha Atlas.

digitalizar00011

A peça pode ainda ser vista por todos vós. Ora vejam lá o calendário das sessões! A não perder!

digitalizar0003