1057 Estrelas pela Paz

26 12 2010

Esta foi uma actividade do Departamento de Línguas protagonizada pelos 1057 alunos da Escola D. Pedro IV.Cada aluno da escola escreveu uma mensagem de Paz numa estrela de cartolina, de acordo com as instruções dadas: 5º e 6º anos em Português, 7º ano em Francês, 8º e 9º anos em Inglês. As estrelas brilhavam em todos os pavilhões da escola e o resultado desta actividade  podem agora admirá-lo no vídeo.

Vodpod videos no longer available.

1057 ESTRELAS PELA PAZ, posted with vodpod





DIA ESCOLAR DA NÃO VIOLÊNCIA E DA PAZ

25 01 2010

No dia 30 de Janeiro celebramos o Dia Escolar da Não-Violência e da Paz, uma iniciativa do poeta, pedagogo e pacifista espanhol Llorenç Vidal. Desde 1964, que a celebração deste dia pretende chamar a atenção de políticos, governantes, pais, educadores e professores que é necessária uma educação permanente pela Não-Violência e pela Paz; que é preciso educar para a solidariedade e para o respeito pelos outros, porque “Uma vez que as guerras nascem na mente dos homens, é na mente dos homens que deve edificar-se a paz”. (Preâmbulo da Constituição da UNESCO)

Porquê a escolha do dia 30 de Janeiro? A escolha da data não foi escolhida ao acaso, mas por que este foi o dia do assassinato de um dos maiores defensores da paz, da não-violência, da justiça e da tolerância entre os povos: Mahatma Gandhi.

Considerado o pai da Índia, Gandhi foi um homem de boa vontade que lutou, sem ódio, pela independência da sua pátria e pela paz do mundo.

Dentro do ideal de paz e não-violência que ele defendia, uma de suas frases foi:

“Não existe um caminho para paz! A paz é o caminho!”.

Sobre Gandhi, Albert Einstein disse que as gerações que hão-de vir terão dificuldade em acreditar que um homem como este realmente existiu e caminhou sobre a Terra.

Para Gandhi, a lei de ouro do comportamento é a tolerância mútua, já que nunca pensaremos todos da mesma maneira, já que nunca veremos senão uma parte da verdade e sob ângulos diversos.

Como não podia deixar de ser, a BE/CRE juntou-se a esta iniciativa e dá-te a conhecer alguns dos vencedores do Prémio Nobel da Paz, homens e mulheres que repudiaram a violência e lutaram por um Mundo mais justo e mais tolerante.

No espaço da BE/CRE, podes ler, também, mensagens de paz que alguns dos teus colegas, alunos de EMRC, te/nos endereçam.

Sê tu, também, um agente de paz.





Dia Escolar da Não Violência e da Paz/Educação para a Paz na Escola

19 01 2009

Comemora-se a 31 de Janeiro o “Dia Escolar da não violência e da Paz.”

Como é sabido, uma das metas do sistema educativo é  o desenvolvimento integral das crianças e dos jovens, devendo os educadores favorecer estratégias e actividades que permitam o surgir de sentimentos de solidariedade.

Assim, educar para os valores promovendo nos jovens uma formação que favoreça o emergir de sentimentos de solidariedade e de justiça entre os povos é uma tarefa que cabe a todos e à escola.

É importante impedir atitudes de racismo, discriminação, intolerância, violência e  interiorizar valores de cidadania.

O dia 31 de Janeiro assinala o dia da educação, para fomentar nos alunos, uma cultura de paz e contra todo o tipo de violências. Sabemos que esta não é a tarefa de um dia , mas de todos os dias e, por isso, na nossa escola, ao longo desta semana (26 a 30) vai ser construída a “Árvore da Paz e do Obrigado” .  Esta é uma iniciativa da BECRE e da disciplina de EMRC, para a qual és convidado a participar. A árvore será colocada à entrada da escola.

Esperamos que as mensagens registadas ao longo desta semana sejam interiorizadas por cada um de nós/vós.

Vamos, também, construir a nossa  Árvore da Paz e do Obrigado, na Cyberteca!

Desafiamos-te a deixar, em comentários, a tua mensagem de paz.

paz


Não importa se és menino ou menina

se és branca ou preto

se entendes bem a minha língua

e eu a tua.

Não importa onde nasceste,

não importa

se temos crenças diferentes.

Nada disso importa,

porque vamos prestar

atenção às nossas diferenças.

Porque fomos chamados

a viver juntos e a entender-nos.

Dá-me a tua mão.

Havemos de entender-nos.

Esteve Alcolea

aqui o que fizemos o ano passado, a propósito desta data, na BECRE





Dia Mundial da Paz – 1 de Janeiro 2009

1 01 2009

A propósito do Dia Mundial da Paz…

 

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer.

Eugénio de Andrade