Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher

25 01 2016

Entre nós a celebração desta data aconteceu apenas no dia 25 de janeiro. Foram realizadas duas sessões dinamizadas por uma técnica da APAV, que, em conversa informal com os alunos, que o fenómeno da violência doméstica contra as mulheres abrange vítimas de todas as condições e estratos sociais e económicos; e que os seus agressores também são de diferentes condições e estratos sociais e económicos. Participaram na atividade as turmas do 7º B e do8ºE.

violência_doméstica

violência_doméstica_1

Anúncios




UnLove, um jogo para aprender a gerir a violência no namoro

12 02 2015

UnLove

UnLove (Desamor) é um jogo online gratuito, onde através de avatars os utilizadores podem “vivenciar e aprender a gerir situações de conflito, abuso ou violência física e psicológica entre os elementos do casal”, com o objetivo de levar os jovens a compreender a importância de “viverem relações íntimas equilibradas e relacionamentos interpessoais saudáveis” e ajudar a prevenir e a sensibilizar para a violência no namoro. O UnLove permite ao utilizador escolher se quer jogar enquanto parte de uma relação hetero ou homossexual e personificar a personagem que vai assumir durante o jogo, no qual poderá experimentar e testemunhar diferentes situações de violência no namoro.

O jogo, ainda em fase de protótipo, foi desenvolvido por estudantes do curso de Novas Tecnologias da Comunicação da Universidade de Aveiro e a sua apresentação ocorreu no Dia Internacional da Erradicação da Violência sobre as Mulheres. Pretende constituir-se como uma ferramenta de educação e promoção para a saúde e de apoio à intervenção social e educativa na área da prevenção e sensibilização para a violência no namoro.

Fonte: Jornal Público




Nobel da Paz para Malala e Kailash Satyarthi

10 10 2014

O Prémio Nobel da Paz 2014 foi atribuído à ativista paquistanesa Malala Yousufzai e ao indiano Kailash Satyarthi, “pela sua luta contra a repressão de crianças e jovens e pelo direito de todas as crianças à educação”.

nobel da paz 2014

Malala Yousufzai tornou-se conhecida pela sua defesa do direito universal à educação em todo o mundo. Em 2013, a paquistanesa de 17 anos foi galardoada com o Prémio Sakharov, atribuído pelo Parlamento Europeu. Torna-se agora a mais jovem vencedora do Prémio Nobel.

Em 2012, a jovem foi alvo de um atentado por um grupo de taliban que controlava a região paquistanesa onde vivia. Malala sobreviveu e tornou-se uma das vozes mais ouvidas na área dos direitos das crianças à educação. Entre as muitas ações em que participou, sublinha-se o discurso da jovem na sede da ONU em Nova Iorque, em que apelou à tolerância e compreensão entre os povos.

O dia 12 de Julho, data do seu aniversário, foi baptizado pela ONU como o “Dia de Malala”. Há um ano foi publicada a sua biografia, Eu Malala, da autoria da jornalista britânica Christina Lamb.

A acompanhar o primeiro Nobel da Paz atribuído a Malala, surge um ativista dos direitos das crianças: Kailash Satyarthi de 60 anos, pela sua luta contra o trabalho infantil nos anos 1980. A organização que fundou, Bachpan Bachao Andolan, já conseguiu retirar perto de 80 mil crianças do trabalho escravo, conseguindo devolvê-las à educação e ajudar na sua reintegração.

Na Índia, promoveu ações para tornar a educação num artigo constitucional. Na sequência disso, em 2009, foi aprovado no seu país a Lei do Direito à Educação Gratuita e Obrigatória.

Fonte: Jornal Público




Exposição “Aristides de Sousa Mendes: um exemplo de coragem”

10 12 2013

No âmbito da comemoração internacional do Dia dos Direitos Humanos, a 10 de dezembro e dos sessenta anos da morte do Cônsul de Bordéus, recomenda-se a visita à exposição sobre Aristides de Sousa Mendes.

cartaz_cyberteca

Nesta exposição em BD das Bibliotecas Municipais de Lisboa, evoca-se a figura do cônsul português que, contrariando as ordens de Salazar, salvou dezenas de milhares de judeus, durante a 2ª Guerra Mundial.

Na Biblioteca até 11 de dezembro.





Nelson Mandela Day

18 07 2013

mandela_dayDesde 2010, celebra-se a 18 de julho, data do nascimento de Madiba, carinhoso diminutivo de Nelson Mandela, o Dia de Nelson Mandela, uma homenagem à sua contribuição para uma cultura da paz e da liberdade.

mandela_day_001

Se quiseres saber mais sobre o líder sul-africano, clica no link para abrires a página oficial do Nelson Mandela Centre of Memory.





Projeto “Educar para a cidadania” – 1.ª sessão

25 10 2012

Decorreu no dia 25 de outubro a 1.ª sessão deste projeto com as turmas da EB 2, 3 de D. Pedro IV.

Em sala de aula (7.º F e o 8.º B) ou reunidos na BECRE, os alunos do 5.º E e do 5.º J foram convidados a refletir sobre o significado do termo cidadania e sobre o que é ser cidadão. 

No exterior realizou-se depois o jogo  “Caça talentos”,  para uma abordagem pela positiva das relações pessoais e interpessoais, durante o qual, o grupo-turma foi convidado a descobrir duas qualidades e um talento de cada um dos seus elementos. De mãos dadas na caça de um novo talento, os alunos “caçados” correram atrás dos colegas pelo espaço de jogo, previamente circunscrito. Depois do desassossego de cada corrida, o grupo reuniu-se à volta da Marta e da professora Odete e apontava as qualidades e os talentos dos colegas “caçados”.

O desafio proposto: referir apenas o que de melhor há em cada um de nós e dizer não à maledicência.

Adeus Marta, até à próxima sessão (8 de novembro).





DIREITOS DE AUTOR

17 04 2012

O direito de autor refere-se às criações literárias, científicas ou artísticas, por qualquer modo exteriorizadas, com o objetivo de proteger as obras (expressão do pensamento e não ideias).
Alguns exemplos dos tipos de conteúdo protegidos por direitos de autor incluem música, obras artísticas, vídeos, jogos de vídeo, livros e filmes.  A protecção de direitos de autor significa que um proprietário de direitos de autor pode controlar a cópia, a adaptação e a transmissão dos conteúdos da sua obra.

Os famosos cartoons Happy Tree Friends ensinam o utilizador a respeitar as regras dos direitos de autor.

Na defesa dos direitos de autor, o YouTube exibe curtas metragens com os cartoons Happy Tree Friends não só como estratégia pedagógica para ensinar os utilizadores a respeitar as regras dos direitos de autor, mas também para garantir uma melhor qualidade e originalidade dos trabalhos publicados no site pelos seus utilizadores.

No respeito pelos direitos de autor, indica sempre a autoria dos textos, imagens, vídeos que utilizas e a fonte onde retiraste a informação.