Escritor do mês na Cyberteca – resultados janeiro 2012

1 02 2012

Desta vez foi a Cláudia Carvalho, do 6.º C, a grande vencedora.

Muitos parabéns Cláudia!

E tu, se ainda não leste este livro, podes requisitá-lo, na BECRE.


Autora: José Jorge Letria

Título: “O livro que só queria ser lido “ 

E, agora, estejam todos muito atentos ao Escritor do mês de fevereiro 2012!

Atenção, não demora muito!





À noite na Biblioteca

13 01 2012

Já imaginaste como poderá ser uma noite na Biblioteca? Imagina que os livros ganham vida, as personagens se evadem e se divertem até de manhã. Diverte-te com este vídeo.

Vodpod videos no longer available.





Eu já li e recomendo a leitura…

19 11 2011
Título do Livro “O Dia do Terramoto” 
Colecção:  “Viagens no Tempo”
Editora:CAMINHO
Autoras: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada
Comentário: Eu recomendo este livro para os que não gostam tanto da disciplicina de HGP, pois esta colecção fala-nos um pouco da História de Portugal e assim pode ser que vos desperte o gosto pela disciplina.Este livro fala-nos de uma viagem no tempo ao terramoto de 1755 que houve em Lisboa. Para os mais curiosos  há aspectos históricos desta época, no final do livro. Já agora este livro encontra-se disponível na biblioteca da nossa escola.
Ana Matilde, 6º D




The Joe and Rika Mansueto Library/ A Biblioteca da Universidade de Chicago

4 07 2011

A Biblioteca Joe and Rika Mansueto da Universidade de Chicago é um edifício notável de engenharia. O edifício não contém as tradicionais estantes mas apenas áreas para sentar e mesas.É verdade, o bibliotecário do futuro não se tem de preocupar com o “bicho-dos-livros” ou  com o sistema de classificação dos livros. É a biblioteca dos nativos digitais que podem ter acesso à informação com um simples “clic”. Nesta biblioteca encontram-se 3,5 milhões de livros, mas os mesmos encontram-se arrumados no sub-solo (50 andares no sub-solo!). Então, como se consegue ter o livro nas nossas mãos? Vejam…

Vodpod videos no longer available.





Estante parede

3 07 2011

Uma excelente solução de decoração para as paredes das nossas casas, não vos parece?





A Biblioteca Central de Seattle

1 07 2011

A Biblioteca Central de Seattle é a biblioteca principal do sistema da Biblioteca Pública de Seattle e encontra-se instalada num edifício de onze andares de vidro e aço, no centro de Seattle. Abriu portas em maio de 2004 e  Rem Koolhaas foi o principal arquiteto. Esta biblioteca comporta cerca de 1,45 milhão de livros  e outros materiais. Para além disso, existe um parque subterrâneo  para 143 veículos e ainda mais de 400 computadores disponíveis para o público.

A biblioteca tem uma aparência única e notável, consistindo de diversas “plataformas flutuantes”, aparentemente envoltas numa grande rede de aço coberta de vidro. É sem dúvida um dos edifícios mais influentes do início do século XXI, com uma personalidade forte e controversa que  atrai fãs leitores e não leitores.





Escritor do Mês na Cyberteca – Março’11

1 03 2011

Aqui está o Escritor de Março na Cyberteca! Vamos ler atentamente  o texto abaixo e tentar adivinhar o nome do(a) escritor(a) e, para além disso, o título do livro.

Se souberes, fazes um comentário neste post e registas a resposta, claro! O primeiro a acertar será o vencedor do Escritor de Março na Cyberteca.

Os comentários deste post só ficarão “on line” no final do mês, data em que publicaremos o vencedor e colocaremos o Escritor do mês de Abril.

(…) Viviam numa casa pequena dentro dum terreno tão amplo que ela parecia a casa dos sete anões numa clareira da floresta. Dentro dela todos tropeçavam, e a mãe fazia o possível para os mandar para fora. Só ficava a cozinheira e nem os gatos lá paravam para comer. Comiam no pátio, mexendo a cauda dalgum inimigo.

O pai era sensacional uma vez por ano. No Carnaval comprava um saco de serpentinas e tantos confetti que eles apareciam na bainha das calças e nas costuras dos vestidos muito tempo depois de terem sido jogados. Há serpentinas douradas e outras de papel de seda que se desenrolava em cinco fitas de cores diferentes (…)