Não era uma vez

16 08 2012

Uma história para pensar!

Anúncios




Exposição Sexo … e então?!

24 10 2010

 

Decorre de 12 de Outubro de 2010 a 28 de Agosto de 2011, no Pavilhão do Conhecimento, a exposição “Sexo … e então?!

Uma entrada ampla em forma de coração abre-te caminho para o terreno onde o amor, a paixão e os afectos dominam. O tema forte é mesmo o sexo e tudo o que a ele anda ligado: o amor e a paixão, os beijos, as palpitações e as declarações. E o corpo: os órgãos genitais e o seu funcionamento, os óvulos e os espermatozóides, as grandes mudanças que ocorrem na puberdade, os contraceptivos e os bebés.

Oriunda de La Villete, a Cité des Sciences, em Paris, onde ao longo de um ano recebeu mais de 350 mil visitantes (algo como mil por dia, em média), a exposição destina-se sobretudo a um público, entre os nove e os 14/15 anos.

Assemelha-se a um enorme desenho animado, com apontamentos de humor, o que contribui para uma aproximação descontraída a esta temática”. Os heróis desta banda desenhada, em forma de exposição, são o Titeuf e a Nadia, dois “miúdos” que se confrontam com os mistérios do sexo no livro Le guide du zizi sexuel, dos franceses Zep e Hélène Bruller.

O humor e a boa disposição estão presentes nesta exposição, transformando as dúvidas e as perguntas da malta nova em jogos interactivos, onde há muito para aprender e para reflectir.

Por isso a primeira área temática é exactamente a do amor. Estar apaixonado, que estado é esse, afinal?

Embora a resposta não seja linear, nesta zona há módulos que ajudam a pensar nisso: no “escurinho do cinema”, uma montagem de excertos de filmes – beijos em série, afagos e olhares, mas também alguns momentos de zanga, o amor afinal tem tudo isso – dá um panorama dessas interacções. Mas há mais. Há uma máquina para fazer declarações, com campos para os nomes  e algumas palavras-chave; há um coração que ao ser abraçado mede a intensidade do amor; um malmequer gigante para jogar ao bem-me-quer, muito, pouco…. e há exemplos de beijos repenicados, intensos…

O resto são áreas temáticas em que as transformações da puberdade, as relações sexuais, a reprodução, os contraceptivos e os bebés dão lugar a uma série de maquinetas, jogos e painéis com desenhos que ajudam a compreender todas essas questões e a reflectir sobre elas.

Sem tabus, como a mostra se anuncia a si própria, são reveladas as transformações que ocorrem nos corpos das raparigas e dos rapazes, quando as respectivas hormonas começam a actuar. Explica-se e mostra-se como ocorre uma erecção, e pode-se experimentar num karaoke de chuveiro as fífias que alteram as vozes dos rapazes nesta altura.

Na área “Fazer Sexo”, decorada como um jardim para criar ambiente propício, Titeuf e os amigos discutem esta questão, que vai sendo explicada nos seus pormenores ao longo de um painel, numa banda desenhada.

Seguem-se os módulos sobre a fecundação do óvulo pelo espermatozóide, o desenvolvimento do feto na barriga da mãe e o nascimento, os contraceptivos e a sua utilização. Há ainda um espaço interdito a adultos, para conhecer sem vergonhas o roteiro do corpo feminino e masculino. O melhor, mesmo, é ir até lá ver. Sem tabus.





20 Anos, 20 Histórias

27 09 2010

António Romão: entre o aço e os livros aos quadradinhos.

Clica no link abaixo e conhece a história deste amante de BD.

20 Anos, 20 Histórias – PUBLICO.PT.





CONCURSO DE BANDA DESENHADA “O LIVRO E A LEITURA”

27 03 2010

No Concurso de Banda Desenhada, as participações foram reduzidas; apenas quatro. O trabalho premiado foi o da dupla Beatriz Fabião e  Carlota Pereira do 5.º L. Às vencedoras aqui deixamos os nossos parabéns, bem como aos demais participantes.





SEMANA DA LEITURA – 2 de Março

2 03 2010

O dia começou com a actividade “Livra” dinamizada pela Dr.ª Marta Pavão com a turma E do 5.º ano.  Trouxe-nos a sua colecção de livros Pop-up que os deixaram maravilhados com as imagens que deles saltaram: livros para ver e olhar, livros para ouvir, livros para brincar e … livros para ler. Quanta informação guardam em si!

Por fim, mostrou-nos uma mala de viagem especial, muito viajada se considerarmos o número de autocolantes comprovativos: transporta um Livro em Viagem, acabadinho de chegar à Escola D. Pedro IV e preparado para iniciar novas viagens pelas mãos dos poetas, escritores e ilustradores desta escola.

Às dez horas recebemos o ilustrador José Ruy que nos falou sobre histórias aos quadradinhos. A turma D do 6.º ano e a turma C do 8.º ano ouviram-no com muita atenção e entusiasmo durante cerca de 90 minutos: deu a conhecer truques artísticos para a criação das personagens, mostrou-nos pranchas originais a tinta da china e explicou como é feita a impressão a cores de cada uma das páginas e como são feitos os cadernos que constituem o livro. Muito interessante! Valeu a pena!

Leu-se + com o representante da Junta de Freguesia de MonteAbraão que, em nome da Senhora Presidente ofereceu à Biblioteca um conjunto de livros editados com o apoio da referida Junta. Fez parceria com a Dr.ª Marta e juntos apelaram a uma leitura com significado. Propuseram a leitura diária de uma ou dua palavras do dicionário e mostraram quanto dele necessitamos no nosso dia-a-dia. Primeiro incrédulos e renitentes, depressa se deixaram envolver pelos desafios e, à vez, depressa se dispunham a procurar o siginificado de alguma palavra cujo significado não conhecessem. Dicionários viram muitos, mas o que mais gostaram foi do novo dicionário de calão.  Ficou-nos um desafio: procurar num dicionário de nomes, a origem e o significado do nome Jovita.

Com a tarde, chegou o momento de partilha de leituras. Connosco esteve o 6.º J, acompanhado pela professora Susana Tavares. Apresentaram livros e leituras com convicção e criatividade. Parabéns!

Ao final da tarde, a Biblioteca recebeu alguns pais e encarregados de educação que responderam ao nosso convite e deram um pouco do seu tempo para aprender mais, com a Andreia Brites, sobre estratégias de leitura. 
Apresentações feitas, expectativas partilhadas, começou por referir “Ler não é fácil”.

É de opinião que a motivação dos adolescentes para a leitura passa pela partilha, pelo adulto, de experiências de leitura na adolescência e pelo reconhecimento dos seus interesses, a compreensão da força social da leitura que determina a escolha de determinadas obras, mote de conversa entre pares.

Defende que é importante tratá-los como adultos. Considera que a estratégia da “psicologia invertida” resulta sempre: proibir ou desaconselhar uma leitura é quase garantia de que esta será feita.

Mais motivados para a literatura da curiosidade e do facto, propõe a leitura de contos, por poderem ser lidos sem qualquer sequência e não exigirem a leitura de todo o livro.

Sugeriu aos pais um conjunto de títulos que considera interessantes para esta faixa etária quer pela diferença em termos de conteúdo e de representação quer pela temática abordada:

  • “O Mundo num segundo”
  • “O Senhor Valéry”
  • “O Japão é um lugar estranho”
  • “Para maiores de 16” de Ana Saldanha
  • “ Escrito na parede” de Ana Saldanha
  •  “Inciclopédia : tudo o que não sabia que queria saber” de Gideon Haigh da Tinta da China, uma selecção de curiosidades assumidamente despropositada e irreverente.
  • “Deciclopédia” de Gideon Haigh da Tinta da China, um tributo ao número dez, número auspicioso que é a base do nosso sistema decimal.

Aos pais recomendou o livro “Como um romance” de Daniel Pennac, obra em que são descritas, com bastante humor, todas as perplexidades que acometem os diversos intervenientes neste processo de promoção da leitura. É um livro dirigido aos pais que, preocupados com a formação dos filhos, se queixam da inapetência destes para a leitura. Advoga que a leitura tem de ser um prazer e os leitores de hoje devem usufruir de alguns direitos inalienáveis.

Excelente forma de terminar mais um dia!





CONCURSO DE BANDA DESENHADA

28 01 2010


CONCURSO DE BANDA DESENHADA

De 27 de Janeiro a 22 de Fevereiro decorre  o concurso de Banda Desenhada subordinado ao tema “O livro e a leitura”. São admitidos a concurso todos os alunos da Escola Básica 2, 3 de D. Pedro IV.

Todos os trabalhos serão apreciados pelo ilustrador/autor de Banda Desenhada José Ruy, que estará connosco na Semana da Leitura, mais concretamente no dia 2 de Março.
Consulta o Regulamento do Concurso. Se tiveres dúvidas procura esclarecê-las junto do teu professor de Língua Portuguesa ou na BE/CRE.

BOM TRABALHO!





TINTIM

10 01 2010
Hoje o Tintim, personagem principal das aventuras ilustradas na obra de Georges Prosper Remi, mais conhecido por Hergé, está de parabéns, pelo seu octogésimo primeiro aniversário.
Nasceu a 10 de Janeiro de 1929.
Deixamos-vos um vídeo com algumas das interpretações do eternamente jovem repórter,   de espírito aventureiro e curioso, constantemente envolvido em casos de investigação criminosa ou em conspirações políticas. Milu, um fox terrier de pêlo branco é o seu fiel e leal companheiro de aventuras.
Sabias que …
As aventuras de Tintim venderam mais de 230 milhões de exemplares e estão traduzidas em mais de 80 línguas?
Os álbuns do Tintim continuam a ser os best-sellers em todo o Mundo?
Visita o site oficial do Tintim e diverte-te. Clica aqui.