O português, a rede cósmica, as galáxias e uma descoberta

27 11 2014
david sobral astrofísico

O astrofísico David Sobral e a sua equipa descobriram que há uma estrutura invisível no universo que influencia a formação e a evolução das galáxias. Não se vê, porque é feita de matéria escura, mas sabe-se que a rede cósmica, uma espécie de esqueleto invisível do universo, está lá. Dito de forma simples, isto era quase tudo quanto se sabia sobre essa estrutura impalpável do cosmos.

Para chegar a esta conclusão, os investigadores focaram alguns dos melhores telescópios do mundo, incluindo o Hubble, na órbita terrestre, numa época do passado do universo, há sete mil milhões de anos – calcula-se que ele tenha agora 13,7 mil milhões de anos. Isso permitiu-lhes medir pela primeira vez a produtividade (em números de estrelas) das galáxias ao longo dos filamentos da tal rede cósmica, nessa era recuada. Os resultados mostraram que nas galáxias junto desses filamentos havia mais formação de estrelas do que nas galáxias mais afastadas. “Isso aponta para um papel ativo dos filamentos da rede cósmica na produtividade das galáxias”, resume David Sobral.

Fonte: DN Ciência

Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: