Tamu Massif, o megavulcão

23 09 2013

De acordo com a revista “Nature Geoscience”, uma equipa de cientistas norte-americanos descobriu debaixo das águas do oceano Pacífico o que considera ser o maior vulcão do mundo, do tamanho das Ilhas Britânicas. Este megavulcão, o Tamu Massif, nome que lhe foi atribuído, situa-se na parte noroeste do oceano Pacífico, integrado no grande maciço de Shatsky Rise, a cerca de 1.500 quilómetros do Japão e a dois quilómetros de profundidade. Formou-se há 140 milhões de anos, durante uma erupção de lava que se depositou no fundo do mar, dando forma à atual estrutura que se assemelha  a um escudo. Tem uma extensão de 310 mil quilómetros quadrados e 650 quilómetros de largura.

“O Tamu Massif é o maior vulcão já descoberto na Terra”, explica William Sager da Universidade de Houston (Estados Unidos da América). No entanto, o líder da equipa de cientistas acredita que, muito provavelmente, existem outros maiores que ainda não foram descobertos, também no Pacífico.

A medição do vulcão no Pacífico foi feita a partir de uma embarcação, com recurso ao disparo de armas de ar que criam ondas sísmicas que penetram na montanha subaquática.

001

Anúncios