Where my books go

11 12 2011

Este poema foi escrito pelo poeta Yeats (1865-1939), no fim do século XIX. Yeats é um dos mais célebres poetas ingleses de todos os tempos. Este poema celebra a maravilha e a magia das palavras, e a forma como elas podem encontrar as pessoas onde quer que estejam. É a celebração do facto de que a leitura leva-nos a lugares que nunca teríamos visitado de outra forma. A leitura pode encontrar-nos em qualquer lugar! O poema ficou ainda mais bonito com a música de Chopin e as obras de arte representando o livro e a leitura!

Vodpod videos no longer available.

Where my books go

ALL the words that I utter,
  And all the words that I write,
Must spread out their wings untiring,
  And never rest in their flight,
Till they come where your sad, sad heart is,          
  And sing to you in the night,
Beyond where the waters are moving,
  Storm-darken’d or starry bright.

Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: