Exposição Sexo … e então?!

24 10 2010

 

Decorre de 12 de Outubro de 2010 a 28 de Agosto de 2011, no Pavilhão do Conhecimento, a exposição “Sexo … e então?!

Uma entrada ampla em forma de coração abre-te caminho para o terreno onde o amor, a paixão e os afectos dominam. O tema forte é mesmo o sexo e tudo o que a ele anda ligado: o amor e a paixão, os beijos, as palpitações e as declarações. E o corpo: os órgãos genitais e o seu funcionamento, os óvulos e os espermatozóides, as grandes mudanças que ocorrem na puberdade, os contraceptivos e os bebés.

Oriunda de La Villete, a Cité des Sciences, em Paris, onde ao longo de um ano recebeu mais de 350 mil visitantes (algo como mil por dia, em média), a exposição destina-se sobretudo a um público, entre os nove e os 14/15 anos.

Assemelha-se a um enorme desenho animado, com apontamentos de humor, o que contribui para uma aproximação descontraída a esta temática”. Os heróis desta banda desenhada, em forma de exposição, são o Titeuf e a Nadia, dois “miúdos” que se confrontam com os mistérios do sexo no livro Le guide du zizi sexuel, dos franceses Zep e Hélène Bruller.

O humor e a boa disposição estão presentes nesta exposição, transformando as dúvidas e as perguntas da malta nova em jogos interactivos, onde há muito para aprender e para reflectir.

Por isso a primeira área temática é exactamente a do amor. Estar apaixonado, que estado é esse, afinal?

Embora a resposta não seja linear, nesta zona há módulos que ajudam a pensar nisso: no “escurinho do cinema”, uma montagem de excertos de filmes – beijos em série, afagos e olhares, mas também alguns momentos de zanga, o amor afinal tem tudo isso – dá um panorama dessas interacções. Mas há mais. Há uma máquina para fazer declarações, com campos para os nomes  e algumas palavras-chave; há um coração que ao ser abraçado mede a intensidade do amor; um malmequer gigante para jogar ao bem-me-quer, muito, pouco…. e há exemplos de beijos repenicados, intensos…

O resto são áreas temáticas em que as transformações da puberdade, as relações sexuais, a reprodução, os contraceptivos e os bebés dão lugar a uma série de maquinetas, jogos e painéis com desenhos que ajudam a compreender todas essas questões e a reflectir sobre elas.

Sem tabus, como a mostra se anuncia a si própria, são reveladas as transformações que ocorrem nos corpos das raparigas e dos rapazes, quando as respectivas hormonas começam a actuar. Explica-se e mostra-se como ocorre uma erecção, e pode-se experimentar num karaoke de chuveiro as fífias que alteram as vozes dos rapazes nesta altura.

Na área “Fazer Sexo”, decorada como um jardim para criar ambiente propício, Titeuf e os amigos discutem esta questão, que vai sendo explicada nos seus pormenores ao longo de um painel, numa banda desenhada.

Seguem-se os módulos sobre a fecundação do óvulo pelo espermatozóide, o desenvolvimento do feto na barriga da mãe e o nascimento, os contraceptivos e a sua utilização. Há ainda um espaço interdito a adultos, para conhecer sem vergonhas o roteiro do corpo feminino e masculino. O melhor, mesmo, é ir até lá ver. Sem tabus.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: