LENÇOS DOS NAMORADOS

14 02 2010

Em certas regiões do Norte de Portugal, no  Minho principalmente,  as mulheres ofereciam um lenço ao namorado na hora da partida para terras distantes. O lenço era bordado por elas e guardava uma quadra da sua autoria em que expressavam os seus sentimentos:

A carta que eu te escrevo
Sai-me da palma da mão
A tinta sai dos meus olhos
E a pena do coração.

Escreve-me, amor, escreve.
Lá do meio do caminho;
Se não achares papel,
Nas asas de um passarinho.

Os rapazes guardavam estes lenços com muita ternura, porque lhes lembravam a mulher amada.

Os motivos que bordavam eram variados, mas alguns eram mesmo obrigatórios; as cores usadas eram vivas. No seu conjunto, os motivos e as cores constituíam uma linguagem secreta, que te damos a conhecer:

  • o cor-de-rosa significava mulher;
  • o coração queria dizer amor;
  • os cravos vermelhos eram sinónimo de provocação;
  • os pombinhos representavam os namorados.

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: